HNCK4005

O sucesso esmagador

“Estamos sempre à beira de se tornar grande ou perder tudo” (5)

Com o desenvolvimento de um sucesso rápido, frágil e cativante; cada dia mais, pessoas como Mark Zuckerberg, Mike Krieger, Jan Koum, Chad Hurley, Steve Chen, Jawed Karim, Larry Page, Sergey Brin e Elon Musk se tornam inspiração/modelo de sucesso a ser alcançado. Suas vidas são expostas de modo exemplar e romantizada o qual aparentemente tudo se desenha de modo empolgante e inspirador. Toda a luta, persistência, fracassos e demônios carregado por eles são misteriosamente ignorados; e formalizam um modo de ser desconexo entre a vida retratada e real.

 Esses sentimentos antagonistas depressão, desespero, ansiedade, inutilidade e perda são afetos que nesta lógica sinalizam fraqueza e vergonha. Valorizam-se proatividade, criatividade, iniciativa, bom humor, felicidade, enérgico e motivado;

 Um passo para descontruir essa realidade, há vários empreendedores divulgando em site e blogs, textos sobre os sentimentos e situações vividas por eles que retratam sentimentos como tristeza, ansiedade, depressão e tendências suicídias. Esse relatos começaram a surgir após o estarrecimento aos casos de suicídios como do Jody Sherman o criador da Ecomom (fornecia informações sobre produtos ecológicos para mães) que morreu aos 47 anos, após sua companhia falir. E do Ilya Zhitomirskiy, um dos quatro fundadores da rede social Diaspora (era para ser uma alternativa ao Facebook) morreu aos 22 anos.

Esse sucesso caracterizado pela cultura e mídia; são atualizados por nós. Adoecem os jovens e adultos. O filme “se enlouquecer não se apaixone”, mostra um exemplo do sucesso esmagador, confira o vídeo:

 

 

Tamires Mascarenhas
Psicologa CRP-16/3601
www.tamiresmascarenhas.com

 

Bibliografia: 

  1. http://link.estadao.com.br/noticias/geral,cofundador-do-anti-facebook-morre-aos-22,10000037377

  2. http://m.olhardigital.uol.com.br/noticia/a-historia-de-uma-startup-falida-e-o-suicidio-de-seu-fundador/33696

  3. https://www.linkedin.com/pulse/o-pre%C3%A7o-psicol%C3%B3gico-do-empreendedorismo-andr%C3%A9-bartholomeu-fernandes

  4. https://benhuh.com/2011/11/29/when-death-feels-like-a-good-option/

  5. http://seanpercival.com/2013/02/01/when-its-not-all-good-ask-for-help/

  6. http://www.inc.com/magazine/201309/jessica-bruder/psychological-price-of-entrepreneurship.html

  7. https://medium.com/copy-hacks/o-v%C3%ADrus-do-empreendedorismo-sem-sentido-est%C3%A1-acabando-com-voc%C3%AA-fd62c32690d#.sq7029uxx

 

 

coffee-cup-desk-pen

Tenho um bom currículo e não consigo um emprego

 

Temos uma quantidade de procura, seja nos nossos processos seleção e no contato pela nossa página do facebook, de pessoas que leram vários artigos, pagaram por ajuda para elaborar um currículo e/ou para treinamentos de habilidades comportamentais para entrevista. E apesar de todo investimento de tempo e/ou dinheiro, há pessoas que consegue um emprego; às vezes é chamado para entrevistas, porém não é contratado.

Fato este ocorre por uma gama de acontecimentos, existe pontos gerais e pontos particulares de cada caso. Podemos apontar alguns itens geral:

  • Nem sempre o seu currículo está apto para a vaga que você enviou. Por isso é importante você ler o edital ou as especificidades da vaga. Exemplo: as vezes as pessoas enviam o currículo para uma vaga que precisa de doutorado e você só tem graduação.
  • Você coloca habilidades demasiada que nem sempre é necessário para o cargo,
  • Seus contatos não estão funcionando. Temos uma perca de 4 pessoas por processo porque não atendem o telefone e não respondem email. Quando respondem a vaga já foi preenchida.
  • O candidato envia seu currículo para tanto lugar e depois já até esqueceu e se perdeu do que está buscando.
  • Não procura as vagas em lugares diversos. Tem pessoas que só olham Facebook ou só o jornal, é interessante você buscar as vagas em lugares confiáveis e diversos.
  • É importante levar em consideração que atualmente (2016) a crise do país. Mas isso não significa que não tem empresa contratando observar as empresas pequenas e grandes, principal das proximidades em que reside. Outro aspecto é sobre a remuneração, o seu salário era num valor mais alto devido a conjuntura ele pode ser reduzido.
  • As vezes a vaga não te cativa, ela tem salário baixo e hierarquia básica.
  • Quando for se candidatar a uma vaga reflita sobre as habilidades que esta exige; reflita e descubra quais você tenha, busque um diferencial.

 

Tamires Mascarenhas
Psicologa CRP-16/3601
www.tamiresmascarenhas.com

 

 

7

Álcool e outras Drogas

Foto: pexels

Este espaço é com informação geral e profissional para familiares de usuários ou ex usuários de entorpecentes, para Drogaditos e profissionais desejam saber mais sobre a temática, confira:

  • Dica geral: com todas a temáticas que envolve o assunto sobre drogas, álcool e vícios;
  • Familiares: informação sobre a temática focada para aos familiares;
  • Drogaditos: informação sobre a temática focada para aos usuários ou ex usuários de entorpecentes;
  • Profissionais: informação sobre a temática focada aos profissionais que desejam saber mais sobre a temática;